o bibliotecário 2.0 (SP1)

Service Pack 1


  • Facebook

    O Bibliotecário 2.0 on Facebook
  • Outros Blogues


    oitenta e cinco. Get yours at bighugelabs.com/flickr
  • RSS O outro blogue

  • Translate

  • Comentários

  • Arquivos Temáticos

  • Arquivo Mensal

TEDxLisboa

Publicado por Julio Anjos em 2010, 15 de Maio

Escrevo estas linhas no comboio das 20 para o Porto, depois de um Sábado muito bem passado a assistir ao evento TEDxLisboa, em boa hora organizado por Cristina Marques da Silva, da Eureekka, com a colaboração de muita gente e parceiros (equipa excepcional).

O grande herói do dia, o Sr. Joaquim Casado (fiquei com muita pena de, em tempo oportuno não me ter envolvido, no projecto que levou Victor Hugo Marques para a Ericeira), foi alvo de uma ‘flash mob’ quando foi aplaudido. Desde os minutos iniciais da sua intervenção que, por twitter, a assistência já lhe votava  uma ovação de pé. Foi aliás várias vezes aplaudido, e muito bem. A história deste homem e do seu percurso como autarca devia ser registada e difundida. Se já o fizeram e não dei conta disso por favor esclareçam-me. É o exemplo perfeito de que as coisas fazem-se fazendo!

Outra das grandes intervenções foi a de António Barreto, que entre outras coisas falou da PorData. Espero ansiosamente pelos cadernos de ensaios que começarão a ser editados em breve.

A Maria Conceição (Dhaka Project) foi uma revelação para mim.

A música e performance de NOISERV foi um espanto…. a fazer lembrar Mike Oldfield em Magnetic Fields (cuja técnica aliás usa). Ainda no campo das introduções musicais que abriram cada segmento, quero também destacar a de Natália Juskiewicz, que abriu o palco, logo de manhã: é uma menina que canta fado, mas em vez das cordas vocais, usa VIOLIONO…. sendo obviamente acompanhada à guitarra e à viola como fica bem a todo o fado.

A intervenção mais perturbadora para mim foi a de João Nogueira Santos, que acusou todos e cada um dos presente de ser responsável pelo estado miserável a que a política portuguesa chegou… precisamente por falta de participação dos cidadãos, como nós. Aliás, o sentido com que as palavras agora me soam na memória, nem foi o de “Falta de Participação” mas “Demissão” .

Estranhamente sinto que nenhum partido me quereria para militante…  acho mesmo que nenhum  aparelho  partidário quer aderentes com ideias fortes, independência financeira, gosto pelo debate e troca de ideias, etc… que queiram militar. Mas a verdade é que cada cidadão confia aos partidos políticos a produção e apresentação de lideres políticos à votação em eleições, que depois se tornam administradores do nosso país, e portanto, de todos nós. 

Não está certo reclamarmos e demitirmos nos de responsabilidades no estado político, económico e social presente… depois de termos recusado participar no processo. E não estou a falar só de eleições legislativas. Pelas contas de Nogueira Santos os lideres que foram postos à consideração foram seleccionados em eleições internas (as ‘directas’ intra-partidárias) onde apenas 0.6% da população portuguesa participou.

Não tenho intenção de me inscrever em qualquer partido. Ainda estou especificamente traumatizado pelo ainda recente artigo de Pacheco Pereira sobre a vida das Distritais e das Concelhias. Mas permaneço indisposto com esta minha posição… que tentarei colmatar continuando a dedicar-me ao associativismo.

Quem precisar de actividades colectivas para qualquer idade,  falem com o Rodrigo Viterbo sobre o fabrico artesanal de Didgeridoo’s!

Luís Rasquilha: Grande pedagogia…  e fazê-lo onde o fazes é 1000 vezes mais  valoroso do que se o fizesses em Lisboa ou no Porto!!!

PS: Também lá encontrei um POSIano, com um canal twitter muito activo e acutilante.

Sobre TEDx | 1 Comentário »

Uma "Sociedade da Informação" sem "Profissionais da Informação" / "Profissionais da Informação" sem uma "Sociedade da Informação"

Publicado por Julio Anjos em 2010, 8 de Maio

Enquanto a sociedade da informação se alastra a todas as actividades e territórios da actividade humana, todos os ‘ligados’ estão-se a tornar em profissionais da informação, pelo menos em part-time. Pode estão ser apropriado reflectir sobre o papel actual e futuro das pessoas que foram educadas e formadas para essa função.

 

Mais ainda tendo em conta que desde que as tecnologias de informação e o seu uso de tornaram ubíquos,  as ameaças à liberdade de acesos à informação, à privacidade de informação pessoal, conhecimento publico, diversidade cultural, etc, estão em crescimento 

 

[…]

O nosso campo pode necessitar de reavaliar o seu mono-centrismo e procurar novas matrizes de interacção a nível internacional especialmente a fazor de estudos pós-graduados.

 

Introdução a um painel sobre Ciências da Informação por Michel Menou (Odok’05)

Sobre Misc | Comente!... »

Associativismo

Publicado por Julio Anjos em 2010, 17 de Abril

Trabalhar por uma causa pública, para que que o nosso ideal comum seja defendido da melhor maneira. Servir o outro em prole do bem comum.

Sobre Misc | Comente!... »

V Encontro Oeiras a Ler

Publicado por Julio Anjos em 2010, 17 de Abril

Entre 20 e 21 de Maio, no Auditório da Biblioteca Municipal de Oeiras, decorrerá o V Encontro Oeiras a Ler, sob o mote: “Estes mares que agora navegamos: a expansão do conhecimento e as novas formas de aprendizagem”.

O elenco é de luxo incluindo, entre outros, Sheila Webber, da Universidade de Sheffield (Reino Unido), onde , e sob a alçada de quem, sonho ainda tirar o meu doutoramento.

O Blbiotecário 2.0 vai, e RECOMENDA!

Sobre Misc | Comente!... »

TEDGlobal2010: Devo estar completamente louco.

Publicado por Julio Anjos em 2010, 17 de Abril

Acabo de registar uma proposta de apresentação na pré-conferência na TEDGlobal 2010 (Oxford, Julho)!

Para que fique para a história:

Libraries are though to be a concept in the edge of extinction.

However from the most Southern one in Ushuaia to the top Northern one in Iceland, with BiblioDonkeys , BiblioBoats, even BiblioCamels, the concept of Library has supported mankind not from Nineveh (oldest known remains of city-state archives), or Alexandria (First University?) but since much earlier.

Libraries if faced as to be about paper books, might indeed be a ‘passé’ concept.

But I propose that the first libraries were created, over and over again, whenever a band of hominids decided to keep feeding and defending an elder member for his/her knowledge of water holes an/or greener places.

If that proposition makes sense, then libraries are not about books, or about paper: they are about information! And if they are about information they need to be nurtured, not only for the roles they can play in the electronic age, but still for the role they play in every corner of the world where the problem is not how many computers there are, but how many people know how to read the words on the screen.

Please tell each other about the importance of libraries in your life during the event.

If you are unclear about how important and relevant libraries can be for your, and our, future please come ask me for ideas.

I’m the fat, short, bearded, shy guy.

4-5 minutes, and a small bottle of still water, please.

Sobre TEDGlobal2010 | Comente!... »

IV Encontro de CTDI

Publicado por Julio Anjos em 2010, 16 de Abril

O Bibliotecário  2.0 vai ao  IV Encontro de CTDI, intitulado “Mediação da Informação: Perspectivas Transversais”, organizado pela Licenciatura em Ciências e Tecnologias da Documentação e Informação (CTDI), que se realiza no dia 29 de Abril na Escola Superior de Estudos Industriais e de Gestão (ESEIG) do Instituto Politécnico do Porto (IPP)

Sobre Conferências e Congressos | Comente!... »

VIII Jornadas de Ciência da Informação

Publicado por Julio Anjos em 2010, 16 de Abril

O Bibliotecário 2.0 vai às VIII Jornadas de Ciência da Informação, organizado pelos Cursos da Licenciatura de Ciência da Informação e pelo Mestrado de Ciência da Informação,  a realizar na Faculade de Engenharia da Universidade do Porto.

 

Sobre Conferências e Congressos | Comente!... »

Página 4 de 14212345678910...203040...Última »
 

Bad Behavior has blocked 676 access attempts in the last 7 days.